Saude

【CISTITE URINARIA】O que é INFECÇÃO URINARIA?

 

Infecções do trato urinário, vale a pena lembrar…

Chá Caseiro Para Infecção Urinaria. 1 em cada 3 mulheres desenvolverá uma infecção do trato urinário durante sua vida.

 

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

 

Quer ver depoimentos e dicas sobre Infecção Urinária

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

 

(VÍDEO) → Infecção Urinária: Conheça Remédios Caseiros Para Tratamento

 

O que é infecção do trato urinário (ITU)?

A infecção do trato urinário é a presença de micróbios (principalmente bactérias) no trato urinário.

Em um ser humano saudável, o trato urinário acima do esfíncter da bexiga é estéril.

Por vezes, no entanto, não é a penetração de microrganismos (dentro de aprox. 90% de infecções, de E. coli) e a sua proliferação no trato urinário, resulta em inflamação, conhecida como infecções do trato urinário (ITU).

A infecção do trato urinário inferior é chamada cistite e é, de longe, a maioria dos casos de infecção do trato urinário, e a infecção do trato urinário superior é a pielonefrite.

 

Infecção urinaria sintomas

Os sintomas da uretrite e da bexiga são:

– Micção à noite

– Desconforto durante a micção

– Um desejo súbito de urinar

– Mudou o odor de urina

– Urina sangrenta

– Dor abdominal

 

No caso de complicações pielonefrite observamos:

– Aumento de temperatura

– Calafrios

– Náuseas

– Dores lombares

– Vômitos

O aparecimento de tais sintomas é uma indicação absoluta para procurar aconselhamento médico o mais rápido possível.

 

Infecção recorrente do trato urinário

Se a infecção do trato urinário em 12 meses ocorrer pelo menos três vezes ou duas vezes nos últimos 6 meses, falamos sobre seu caráter recorrente.

Cada mulher sexualmente ativa está exposta a tal risco.

A cepa mais comum detectada na inoculação da urina é Escherichia coli.

 

Fatores predisponentes às infecções do trato urinário

O primeiro fator predisponente às infecções do trato urinário é o sexo feminino.

Isso está relacionado com a uretra curta da mulher e sua proximidade com a vagina, que é muito úmida.

Infecções do trato urinário também são promovidas pela relação sexual, especialmente com um novo parceiro e o uso de preservativos com espermicidas.

A inflamação da bexiga até recebeu o nome de “bexiga do mês”, porque geralmente ocorre em mulheres jovens casadas e a atividade sexual é a causa de 75-90% das infecções do trato urinário.

 

Outros fatores de risco são:

– Diabetes

– Obesidade

– Lesão medular

– Cateteres crônicos

Vale a pena prestar atenção à co-ocorrência de infecções vaginais e do trato urinário.

 

Interessante é o fato de que a inflamação do trato urinário se desenvolve em média em:

– 75% Das mulheres com infecção vaginal bacteriana

– 45% Das mulheres com micose vaginal causada por leveduras cândida

– 13% Das mulheres com vômitos

 

Os patógenos causadores pela infecção ocorrem em vários ambientes:

– Intestino

– Área peri-lary

– Vagina

– Sistema urinário

São transmitidos pela inter alia durante os contatos sexuais e pela via intestinal-oral.

 

Infecção urinária tratamento

Na maioria dos casos, o médico faz o diagnóstico e tratamento com base nos sintomas.

Muitas vezes, a análise de urina também é realizada verificando a presença dos chamados nitritos, leucócitos e bactérias no exame microscópico do sedimento urinário.

Às vezes, testes de sensibilidade aos antibióticos (chamadas culturas) são realizados, o que facilita a seleção do antibiótico apropriado.

 

Infecção urinária auto tratamento

De acordo com um estudo realizado pela MillwardBrown, cerca de 68% das mulheres na Polônia estão tentando curar a infecção do trato urinário.

Cada cinco mulheres no primeiro incidente estão confiantes em seu diagnóstico, mas já a cada três no próximo.

Se não for possível chegar ao médico imediatamente, pode ser útil confirmar a presença de bactérias e a presença de infecção.

No auto tratamento de infecções do trato urinário inferior, a nitrofurantoína, comumente chamada de furagine, é a mais usada.

A nitrofurantoína deve ser utilizada durante 7-8 dias, mesmo que os sintomas urinários desapareçam mais cedo, o tratamento deve ser contínuo de acordo com o folheto informativo.

A droga funciona bacteriostática em um amplo espectro de micróbios que causam inflamação do trato urinário.

O efeito mais forte da nitrofurantoína se mostra em um ambiente ácido (pH 5,5), o ambiente alcalino enfraquece sua ação.

Tratamento do suporte deve, portanto, ser uma dieta rica em proteínas ou as formulações de vitamina C.

Também podem ser usadas ​​nas formulações de extrato de arando, normalizado para o teor de proantocianidinas (PAC) e beber pelo menos 2 litros de água por dia para manter o fluxo de urina adequada, o que acelera a mecânica eliminação de bactérias do trato urinário.

No caso de dor significativa no abdômen, você pode tomar medicamentos anti-inflamatórios não esteroidais.

No caso de sintomas mais fracos, você pode usar ervas medicinais e cranberries.

 

Quando é necessário consultar um médico para infecção urinária?

É importante consultar um especialista se:

– As medidas aplicadas não trazem melhorias significativas após 2-3 dias de uso

– Ocorrer febre ou vômito

Aconselhamento médico também deve ser consultado quando os sintomas que aparecem na ITU ocorrem pela primeira vez e, claro, se eles dizem respeito a uma mulher grávida.

 

O que fazer para manter a saúde do trato urinário?

No caso de mulheres que têm problemas com o funcionamento adequado do trato urinário, pode ser útil observar as seguintes regras:

– Beber cerca de 1,5 litros de líquidos por dia

– Não urinar com micção

– Higiene diária de órgãos externos

– Limpando da frente para trás

Não há evidências, apesar da opinião popular, de que a micção após a relação sexual reduz o risco de infecção.

No entanto, a pesquisa sugere que os preparados com cranberry reduzem o risco de recaída e a nitrofurantoína (2 horas após a relação sexual) reduz o risco de infecções recorrentes do trato urinário.

No caso de infecções recorrentes, o médico pode pedir uma (com duração de 6 – 12 meses) continua profilaxia com antibióticos ou usando nitrofurantoína (duração do tratamento e a dosagem devem ser sempre determinados individualmente por um médico).

Você pode tomar preparações contendo extratos concentrados de cranberry, no entanto, o extrato deve ser padronizado para o teor de proantocianidinas (PAC).

ATUALIZADO: 17.05.18

No Comments

Leave a Reply